Destinos econômicos para curtir o inverno

As férias de julho estão chegando e resolvi falar sobre alguns destinos econômicos, e outros nem tanto, para curtir esse clima de frio gostoso, que eu estou amando. Vamos lá, porque quem não gosta de viajar?

Montevidéu – Uruguai

Já estive na cidade no inverno e no verão, e particularmente gostei mais do inverno. O frio é frio de verdade, de você não consegui andar na rua sem sentir o vento gelado congelando suas entranhas, mas é tudo tão aconchegante e gostoso, todos os lugares que você entra são quentinhos e dá até calorzinho. Não é uma cidade cheia de coisas para fazer, com vários pontos turísticos, mas existem lugares muito interessantes para visitar como alguns museus, o mercado do porto, o teatro Solis, a orla da praia (chamada de rambla), os shoppings que estão espalhados pela cidade, o centro histórico, várias praças e os bons restaurantes que não faltam. É uma cidade para quem quer descansar e ter tranquilidade, mas mesmo assim quer conhecer um lugar novo, ideal para ir com crianças.

Não é necessário alugar um carro, a menos que você deseje ir para Punta Del Leste, que é relativamente perto, 140Km. Um táxi cumpre bem o papel para ficar somente nas redondezas de Montevidéu, tudo é meio perto, e caminhar pelas avenidas é muito gostoso, mesmo no frio, a cidade é muito bonita, arborizada, com uma arquitetura diferente.

Montevidéu é uma cidade relativamente barata, come-se muito bem em restaurantes muito bons por um preço justo, táxi também não é caro. E é um bom lugar para fazer compras, as lojas de departamentos tem casacos muito bons a um preço excelente. Comprei vários quando fui, no verão como é alta temporada os valores aumentam um pouco, mas nada assustadoramente mais caro.

Punta Del Leste – Uruguai

Punta é mais badalado do que Montevidéu, é estilo Campos do Jordão, mas não deixa de ser uma ótima opção para aproveitar as férias de inverno. Também não está cheia de pontos turísticos, mas existem bons lugares para ir como o museu do mar, a mão que fica na praia, a orla, as ruas cheias de lojas, bons restaurantes e o Cassino Conrrad, que vale a pena a visita. E se você quer mais agito está cheio de bares e casas noturnas para curtir a noite.

Lima – Peru

Estive lá no inverno também, é uma cidade muito diferente de tudo que estamos acostumados, e por isso vale a pena conhecer. Confesso que não foi a melhor viagem da minha vida, mas foi divertido. Tem vários lugares para visitar, como Sítios arqueológicos, fui no Huaca Pucllana, que fica bem no centro da cidade. O Convento de São Francisco, que é um museu e a baixo da igreja tem as catacumbas onde mais de 25 mil pessoas foram enterradas. O museu da inquisição que conta a história dessa época no Peru. O mercado do Índio cheio de galerias e lojas com artesanato peruano, a um preço super atrativo. O Larcomar Shopping que fica em uma encosta com uma vista maravilhosa para o mar, tem também vários restaurantes agradáveis com essa vista linda.

O Peru é um lugar onde se come muito bem a um preço muito justo, para não dizer barato, a maioria dos restaurantes são super agradáveis e servem uma comida maravilhosa, com muito ceviche e frutos do mar. Os táxis não tem taxímetro, então o valor é negociado antes, mas não são caros, variam em torno de R$ 4 a R$8 dependendo do local. É um bom lugar para compras, assim como em Montevidéu, tem várias lojas de departamentos que tem muitas opções de roupas e acessórios.

Buenos Aires – Argentina

Fui no natal do ano passado, fiz post aqui, mas é aquele lugar que eu quero voltar no frio, e por ter gostado no verão vale a pena colocar aqui, combina com inverno sabe!? Não tem muitos pontos turísticos, mas só de passear pela rua Florida, pelo cemitério da Recoleta, sentar nos milhares de restaurantes, ver um show de tango e andar pelas ruas já é uma delícia e vale muito a viagem.

É uma cidade barata e não precisa de carro, os táxis são baratos e andar a pé é uma delícia. Os restaurantes são ótimos, com preço super agradável. Para comprar não achei muito interessante, quase o mesmo preço do Brasil, mas a gente sempre acha algo que vale a pena.

Santiago – Chile

Fui no inverno e o frio é rigoroso, tipo andar na rua e congelar as entranhas. Tem muita coisa legal pra fazer, visitar o Vale Nevado é uma delas, e no inverno é parada obrigatória. Não se decepcione quando olhar a neve grudada no chão igual esta no seu congelador, é assim mesmo que ela fica depois de ter caído. Mas é lindo, tudo branquinho, pegar aquele gelo na mão e falar “é neve”.

Alguns dos pontos turísticos são: o parque metropolitano, onde tem o Cerro Blanco, que está a estátua da Virgem. A praça das armas que fica próxima da catedral de Santiago. O mercado central, onde pode-se comer o caranguejo gigante (centolla / king krab). O cerro Santa Lucia, que é um local muito bonito para se passear e olhar a cidade, nele está localizado o castelo Castillo Hidalgo. As diversas vinícolas onde são oferecidos Tours, vale muito a pena fazer um, eu fui na Concha Y Toro. Passear pelo centro da cidade. A feira de artesanato Los Dominicos. Visitar os shoppings e os diversos restaurantes que estão espalhados pela cidade.

Santigo é uma cidade bem agitada, a vida noturna também, pode-se encontrar muitos bares e restaurantes pela cidade. É muito comum alguns “centros” como se fossem pequenas praças com 3 ou 4 restaurantes juntos e as mesas do lado de fora. As pessoas saem muito a noite, a rua é bem movimenta e os lugares também.

Não é uma cidade barata como Lima, Montevidéu e Punta, os restaurantes são mais caros e os táxis também, mas nada absurdo. Lá tem metrô, que é uma ótima opção para ir de um lado para o outro sem gastar muito.

Curitiba – Paraná 

Passei o natal de 2013 e me surpreendi com a cidade que é muito agradável. E no inverno faz friozão, o que deve deixa-la super aconchegante. É tipo São Paulo, mas diria mais charmosa, vale a pena conhecer.

Para conhecer os pontos turísticos você pode pegar um ônibus, ai você pode descer para conhecer os lugares e pegar o próximo, ou só passear dentro do ônibus mesmo, na parte de cima ou em baixo. Alguns dos pontos são: parque Barigui, jardim botânico, centro cívico, museu do Oscar Niemeyer, ópera de arame, bosque alemão… Tem muitos parques espalhados pela cidade, e é muito gostoso fazer uma visita a alguns. Além dos shoppings e restaurantes.

Para andar pela cidade o ônibus e o táxi são as melhores opções. Em relação a valores, estamos falando de Brasil, então não foge muito do que estamos acostumados, só o táxi que é mais barato que em SP.

Campos do Jordão – São Paulo

Campos_do_Jordão_-_Portal

Destino típico no inverno pelo famoso festival de inverno que acontece no mês de julho na cidade. Adoro Campos, a cidade é aconchegante, gostosinha, geladinha, só os lugares que podiam ser aquecidos dentro maaas, os restaurantes são ótimos, e conhecer os pontos turísticos é muito gostoso. Ir no morro do elefante, na pedra do baú, no pico do itapeva, na chuva de prata ou só andar pelo centro é uma delícia.

É uma cidade bem cara, os hotéis são caros e os restaurantes não ficam atrás, mas é ideal para passar um final de semana, fugir da rotina e curtir o friozinho da serra.

Espero que tenham gostado das dicas, conforme eu for viajando vou fazendo post de diário de viagem como fiz sobre  NY, Califórnia (Los Angeles e San Diego), e Las Vegas.

Caso queiram saber mais sobre outros lugares e países vistem Viversonharviajar.wordpress.com

Beijos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s